Recomenda-se:

Netscope

Wednesday, May 30, 2012

Cannes, o bom e o óptimo



                                     
O Festival de Cannes é a Meca anual da moda. Se os Óscares são a jóia da coroa, Cannes ganha pela quantidade de eventos que proporciona, criando oportunidade para  uma verdadeira parada das criações mais fantásticas do ano, desfiladas por algumas das mulheres mais belas e elegantes à escala planetária. Do traje social aos vestidos de gala, passando pelos outfits casual chic para circular pelas imediações, aqui fazem-se estrelas, lançam-se ou ressuscitam-se carreiras e em geral, esta é a ocasião para deslumbrar. Algumas senhoras estiveram à altura da ocasião ou impressionaram à boa moda antiga- uma lufada de ar fresco num ano bastante sem graça no que diz respeito a galas. Houve imensos vestidos muito bonitos e adequados: Eva Longoria, com um Marchesa ao estilo Old Hollywood, Jessica Chastain, Tilda Swinton, entre muitos outros - mas destaco os que realmente me surpreenderam.
Nina Ricci, Chanel, Christian Dior
Diane Kruger levou a sério o seu papel de jurada: não houve um único vestido inadequado ou banal. Esteve sempre estupenda, com looks criados ao pormenor para as suas medidas. O meu favorito foi o Giambattista Valli Haute Couture em verde água, a lembrar Grace Kelly, mas até o Vivienne Westwood dourado lhe ficava a matar (e eu que embirro com lantejoulas...).
                                    diane-kruger

Nicole Kidman parece estar a recuperar o jeito e fugiu dos tons pálidos que embora sejam bonitos e elegantes, têm invadido demasiado as galas nos últimos tempos. Encarnado, Lanvin e inspiração grega são sempre uma opção segura. Flawless.

Lanvin
                           Antonio Berardi

Marion Cotillard foi de preto Dior. Menos é mais e quando se tem uma pele peaches and cream e um rosto daqueles não é preciso muita coisa.


                                           
Mas a verdadeira estrela do festival foi a actriz chinesa Fan Bingbing: dizer que trouxe o glamour de volta às passadeiras será pouco. Elegante, principesca, magnífica...não posso elogiá-la demasiado. Conseguiu o impossível - encantar e surpreender sem exagerar em nenhum ponto. Das proporções impecáveis dos vestidos (que se nota, foram provados e ajustados até à perfeição) à delicadeza das opções, a maquilhagem, as jóias, os acessórios, os penteados inspirados na dinastia Tang, a forma como combinou os elementos da sua terra natal com o melhor que se faz no Ocidente, esteve imaculada sempre que deu um ar da sua graça e acredito que faça escola. Apenas tive pena de não ver os seus lindos cabelos soltos em nenhuma das fotografias, mas algum dos  looks pode ter-me escapado.

   tumblr m4dnp9pSdy1qe1yemo3 400 Cannes 2012 - Fan Bingbing's Ravishing and Refreshing Styles
                    Vestido Christopher Bu, brincos de esmeraldas Choppard e clutch Elie Saab
                                                               

                   L'oreal Paris Ambassadors at Cannes 2012 Red Carpet : Fan BingbingL'oreal Paris Ambassadors at Cannes 2012 Red Carpet : Fan Bingbing
                Vestido  e capa de renda Elie Saab com brincos, cuff e anel de cocktail Chopard; clutch Ferragamo


 
                                                                                                           Oscar de La Renta

 fan bing bing cannes 2010 elie saab Fan Bingbing at Cannes Film Festival   Beauty Beyond WordsBo Kewan
                                                                 Elie Saab

No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...