Recomenda-se:

Netscope

Thursday, October 30, 2014

Queixar-se educadamente e ser uma Senhora na era das redes sociais.


Nos dias que correm muitas regras de saber estar do antigamente foram pelos ares e por isso às vezes já ninguém sabe muito bem como proceder ou pior, há quem confunda gentileza com passividade. No entanto never fear, ainda vão sobrevivendo publicações com textos realmente inspiradores. Diz a Tatler, sobre a arte de se queixar sem ser desagradável:


"Do not complain about things that cannot be solved; do not complain if you do not get exactly what you want right now; do not complain about things that can be solved but you haven't summoned up the gumption to solve; do not complain about things that were your own fault; do not complain to someone angrily about something that is not their fault; do not complain to someone who is doing their very best to help you but is just incredibly busy".


É fácil, basta não se queixar por desporto nem descarregar nas pessoas que, coitadas, fazem o que podem.

 Quanto à postura que uma rapariga de juízo deve manter nas redes sociais, à falta de manuais actualizados a Town & Country explica o básico do bom senso: é só evitar mexericos, ser discreta, dizer os "por favor" e "obrigadas" da praxe, guardar as gabarolices para si, garantir que as saias cobrem o que devem e não publicar retratos que a sua avozinha reprovasse. O que resumido contraria o que muita gente pensa..."what happens on Facebook, stays on Facebook". Ná. O Facebook não é Las Vegas, logo não convém fazer num espaço público, ainda que virtual, o que seria embaraçoso fazer, dizer ou apoiar noutro sítio qualquer.

 Devia haver cópias de certas revistas nas escolas e colégios...



No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...