Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, December 9, 2014

Já se publicita o adultério e tudo (ou de como estamos oficialmente no fim do mundo)



Estava eu a ver esta série giríssima na SIC Mulher, estilo Downton Abbey, quando passa um anúncio de qualquer coisa chamada Second Love. Pensando que era algum site de roupa vintage, fui ver o que era...e lo and behold, trata-se de um portal de encontros específico -nota bene, específico - para quem já é comprometido.
 Com a desculpa "flertar não é só para solteiros" o dito site convida senhoras e cavalheiros a quebrar a monotonia...e os seus votos.

Reparem bem nesta beleza de copywriting: 

Para ela:

Quer receber a atenção que merece, sendo tratada da maneira que gostaria, por homens que realmente estão interessados em si? (...) Se quiser conhecer homens que pensam e procuram por uma aventura, inicie já o seu novo romance aqui....

(Que tal ser honesta com o actual companheiro e se o caso é mesmo irremediável, ficar livre para começar de novo? Não que se calhar vá encontrar melhor, mas ao menos não engana ninguém. Cavalheiros, muita atenção aos anúncios que as vossas mulheres andam a ver, só vos digo isto).

Para ele: 


Muitos homens que se encontram num relacionamento pensam que depois de um certo tempo, o relacionamento pode mudar e tornar-se bastante previsível e monótono.
Para que a monotonia não destrua o seu relacionamento, um flirt ou a atenção extra de outra pessoa, pode mudar toda a sua perceção no seu próprio relacionamento.

(Olhem que realmente! Atraiçoar a cara metade tem muitos nomes, mas "mudar a percepção", como se fosse um favor que se está a fazer à pobre infeliz, essa nunca tinha ouvido).

Nem sei por onde é que comece- o que isto tem de sórdido e de doentio não está escrito em lado nenhum, mas que seja anunciado em horário de família como um serviço normalíssimo, estilo lavandaria, mostra que a sociedade está a cair aos bocados, totalmente de pantanas. A elasticidade moral é mais que uma doença - atinge proporções de epidemia, e já ninguém estranha coisa nenhuma....

6 comments:

Krystel said...

Aqui em França há umas quantas redes sociais e sites que têm esse objetivo. E publicidade a esses sites não faltam, até em destaque nas plataformas do metro e em jornais diários grátis.

Enfim...

Blog - FB - Bloglovin'

Imperatriz Sissi said...

Extraordinário- o que há de bom em França,não copiam eles cá...

Ulisses L said...

Pois...
...amodos que pensei a mesma coisa quando vi o dito anuncio! Não que tenha pensado que era um site de roupa vintage, entenda-se...

As pessoas andam tão cheias de si próprias que acham isto normal!
Eu, pessoalmente, não acho isto normal, mas infelizmente já acho normal as pessoas acharem tudo normal!
Afinal, falamos de um povo que, em vez de ir ver um site pornográfico fica à espera horas colado à televisão para ver um casal de parvos a dar uma queca debaixo de um cobertor!
Faz-me lembrar um episódeo de quando eu era miudo e passou, pela primeira vez na televisão portuguesa, na RTP 2 (que era o canal que ninguém via e que muita gente nem conseguia apanhar com as antenas da treta), "O Império dos Sentidos"!
No dia a seguir só se falava por todo o lado do facto de ter dado um filme "badalhoco" na televisão, com toda a gente escandalizada...
...mas o curioso é que toda a gente viu!

Portanto, esta fronteira ténue de (falsa) moralidade sempre existiu...
...não andava era por aí a anunciar-se à cara podre!

:)

Imperatriz Sissi said...

@Ulisses, o mal é a cara podre. Não é que defenda a hipocrisia, mas há uma velha regra de sociedade que é não obrigar os outros a engolir os seus pecadilhos. Enquanto assim é, mantêm-se certas fronteiras de moral e decência e só peca quem é mesmo desbragado, protegendo-se a inocência de todos os outros. Quando se torna normal, até quem nunca sonhou que tais coisas existiam fica contaminado.

Ulisses L said...

LOOOOOOOOOOOOOL

...é para tu veres no que deu o Nietzsche matar Deus...

:)

Imperatriz Sissi said...

Ele tinha muito boas ideias, mas aí mais valia ter ficado quietinho. Ou citando o próprio, "o abismo atrai o abismo". Não convém contemplar ribanceiras, ganham-se ideias esquisitas.

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...